• Márcia Moreno

Quais são os primeiros passos para uma sessão de fotos de gastronomia?

Você decidiu que vai fotografar seu cardápio ou menu. Começa a procurar um fotógrafo e daí aparecem as primeiras dúvidas.



Ao procurar um profissional, você como contratante, deve estar ciente de que precisará ajudar no planejamento dessa sessão. Por mais que o fotógrafo tenha entendido o que você espera, o resultado não será 100% do que imagina se não tiver a sua participação.


Pensando nisso, pontuamos algumas ações que você, como cliente, deve tomar para ajudar o fotógrafo a te entregar o melhor resultado possível.


1- Saiba o que você quer


Qual o principal motivo de contratar um fotógrafo? São fotos para redes sociais, campanha de marketing, posicionamento ou todas elas? Qual solução você quer com essas fotos? Só vender mais, reforçar a marca do seu negócio, apenas ser lembrado? Quais as suas expectativas além de ter fotos bonitas? O que mais espera? Onde quer chegar com essas fotos novas e atraentes?


É de suma importância você ter plena consciência do que quer porque somente dessa forma o fotógrafo vai poder construir algo alinhado com o que imaginou para te trazer satisfação.



2- Defina a foto ideal


Reúna referências com fotos que você acredita funcionar para o seu negócio e que vai conversar bem com o seu restaurante ou delivery. Como se faz isso? Selecionando fotos de concorrentes, parceiros, pinterest, google. O importante é você alinhar o estilo de foto que gosta. Fotos com fundo claro ou escuro, com decoração ou sem, com movimento ou estática, publicitária ou lifestyle?


Quanto mais o fotógrafo entender o que você considera bonito e quer de resultado, será muito fácil alcançar esse mesmo resultado.



3- Escolha o melhor fotógrafo


Você não compra um carro sem test drive antes não é mesmo?

Claro, não será possível testar o trabalho do fotógrafo previamente mas se deve tentar conhecer um pouco mais para minimizar os riscos. Experiência de mercado do profissional, avaliações, verificação de redes sociais e, obviamente um bate papo antes fará toda a diferença na hora de decidir com quem terá essa parceria.



4- Esteja aberto as opções de orçamento


Quanto vai investir? Depende do que você quer de resultado. Saiba que a sessão de fotos não é algo barato. Se for, entenda que não terá excelência no resultado ou, talvez, nem tenha resultados. Por ser único e personalizado para cada cliente tem que ser montado de acordo com a sua necessidade. Não é um produto de supermercado que pega na prateleira, coloca debaixo do braço e leva embora. É necessário planejamento, compreensão e entendimento para se chegar a um resultado realmente produtivo e interessante. Demanda criatividade e responsabilidade com a comunicação que deve ser alinhada com a marca e o propósito da mesma.


Por isso tudo, esteja aberto as opções.


Quer saber quanto custa uma sessão de fotos para o seu negócio? Clique aqui e saiba mais



5- Participe


Por mais que o fotógrafo tenha entendido tudo é essencial que o cliente esteja no local, ou uma pessoa responsável designado por ele, aprovando ou não as fotos, auxiliando na dinâmica da sessão. O profissional não tem autonomia para tomar certas decisões e nem tão pouco para cobrar ações dentro do estabelecimento. Atrasos e problemas são normais no entanto, é a figura de um gestor que vai deliberar sobre a melhor solução e sobre o andamento da sessão de fotos.



Gostou das informações? Aproveite para compartilhar este material com seus amigos nas redes sociais.





www.marciamorenofotografia.com

marciamorenofotografia@gmail.com



#dicas #fotografiadealimentos #fotografigastronomica #marciamorenofotografia

#fotodecomida #detalhes #negocio #empreendedorismo #vendas #restaurante




44 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo